Os Cavaleiros do Zodíaco: Série da Netflix tem suas primeiras impressões da mídia (COM SPOILERS)


O Reboot de Os Cavaleiros do Zodíaco pela Netflix foi anunciado à 2 anos, depois de um bom tempo na gaveta do serviço de streaming mais popular do mundo, 6 meses atrás fora anunciado um dos trailers mais controversos que eu já vi.

O trailer gerou polêmica durante semanas, rage da internet em relação ao personagem Shun que foi transformada em mulher e claro a discussão de a computação gráfica exibida no trailer era de qualidade duvidosa ou não. O trailer gerou diversos dislikes na internet e uma recepção nada amigável da fanbase.

Então nós tivemos a confirmação, há cerca de 3 meses, que o reboot de CDZ será lançado dia  19 de julho de 2019, daqui 1 mês. O hype deste escritor e de boa parte da internet é bem baixo, mas estou de cabeça aberta (esperança é a ultima que morre né?)  e finalmente já tivemos as reações da mídia e as notícias não são muito boas.

o site Gamer4K , em sua review dos primeiros episódios já anunciou que foi mais uma decepção em 3D da Netflix, escrevendo que a série vai na mesma pegada da animação comemorativa Lenda do Santuário, onde também sofreu duras críticas de fãs antigos sob a justificativa de uma desenfreada busca por um novo público, infantilizando de todos os modos sua produção/roteiro etc.


Assim como o filme de 2014, a história tem suas modificações e condensamentos (existe essa palavra?), como por exemplo:

  •  A História começa com a origem do Seiya, sua relação com a Seika 
  • A Guerra Galactica é desenvolvida clandestinamente
  • Os cavaleiros de Bronze não foram adotados pela mesma organização
  • A Saori no início não é uma menina mimada e já se reconhece como Atena
  • No meio há uma profecia que divide o Santuário: que a deusa poderia cumprir no final da humanidade.
  • A Saori não é encontrada somente pelo Mitsumasa, mas também por outro antagonista que deseja impedir a profecia
A escritora do Gamer4K diz que boa parte das mudanças em relação à saga clássica foi realmente muito ruim, outras se não exigirmos muito até passam. A melhor contribuição do reboot à saga clássica foi a mudança em relação aos Cavaleiros Negros, que falemos a verdade: foi algo bem zoado termos réplicas idênticas dos Cavaleiros de Bronze servindo ao Ikki. 

A qualidade da animação decai bastante durante os combates à luz do dia. Mas o pior problema (eu ainda não to acreditando no que eu li, tive que procurar até tradutores pra ver se  eu não estava delirando, mas é real)  é que os combates não têm técnicas de efeitos especiais, só saem algumas luzinhas dos punhos e por isso nenhuma luta é emocionante. E os personagens não se conectam, algo que era muito forte da Saga clássica.

Saint Seiya: Os Cavaleiros do Zodíaco estreia dia 19 na Netflix:


Os Cavaleiros do Zodíaco: Série da Netflix tem suas primeiras impressões da mídia (COM SPOILERS) Os Cavaleiros do Zodíaco: Série da Netflix tem suas primeiras impressões da mídia (COM SPOILERS) Reviewed by Adão Filho on junho 19, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário