Crítica: Venom (COM SPOILERS)


Confesso que não estava lá tão animado para Venom, pelo menos não baseado nas notícias que haviam saído. Fiquei um pouco pensativo se assistiria, afinal, ninguém mais do site pagaria para ver em plena estréia, então pensei em esperar o trailer... E ele foi aquela sensação de "Ok, é só um filme", pois não me veio a sensação de ser bom ou ruim.

As pessoas falaram muito sobre o filme, a maioria disse que era horrível, "O Pior filme do gênero", sendo que existe Mulher-Gato, que conta com cenas como essa.


Comentários como "Essa é a pior coisa que eu vi na minha vida", ignoro completamente.


Então vamos ao filme.


A história é simples, nada de interessante, e mesmo assim eu várias contradições. Tom Hardy consegue se sair muito bem no que o colocaram, mas todo o seu redor é uma completa ruína. Muitas inconsistências são mostradas, ainda mais se compararmos certos pontos com os quadrinhos (o que claramente eles tentaram passar longe e mesmo assim erraram), principalmente com a personalidade de Eddie Brock, já que citam indiretamente "problemas em Nova Iorque",  referência ao incidente que o fez ser demitido nos quadrinhos. Entendo eles não quererem citar diretamente porque ligaria ao Homem-Aranha, só que o personagem é diretamente ligado ao Cabeça de Teia, então é difícil ficar "relevando" essas coisas, e só reforça o meu ponto que se fosse pra fazer um filme totalmente alheio ao Spidey, melhor não fazer.

Todo o restante eu acho descartável, o vilão em si é tão genérico que às vezes eu torcia para chegar o último ato, o Venom o matar e ir logo pra cena engraçada da loja de conveniência. A ideia foi até legal, ainda mais com algumas referências no caminho, porém você deixa de levar a sério no primeiro momento que o Carlton Drake (Riot) abre a boca, é tão genérico os pitis de milionário/maluco dele, que me senti vendo qualquer série de TV. Claro que, o roteiro não o ajuda, mas mesmo se ajudasse, toda a atmosfera do filme "quebra as pernas" de qualquer coisa mais elaborada que tentam explicar, exemplo disso é em relação ao simbionte ter fraquezas. Repetem tantas e tantas vezes, sendo que na cena da máquina de raio-x fica óbvio isso. O simbionte falar que tem fraqueza a fogo também achei meio estranho, mas é um filme que abrange os "quatro quadrantes", então precisam rolar essas explicações.

Anne (interpretada por Michelle Williams), talvez seja a única personagem além do Eddie que realmente tem algum peso ali, e é até engraçado porque o Riot fica apagado, mas ela tá sempre ali, fazendo algo, mesmo que esse algo seja reforçar os clichês do filme.


A relação Venom/Eddie Brock foi a única coisa que salvou para mim ali. Eu realmente gostei de como eles colocaram o Venom conversando com o Eddie, e isso desde o trailer. Achei muito legal também a forma como fica uma 'aura' em volta do protagonista, sempre parecendo que tem algo "incorporando" nele, e isso dá um belo tom grotesco ao personagem (que ficou muito bem caracterizado no CGI). Na parte final, houve uma certa falha em relação ao Eddie descobrir que o Venom o prejudicava mais que só psicologicamente, mas como eles estão fazendo os dois de amiguinhos, é só um detalhe que provavelmente vira piada no próximo filme, afinal, humor é a nova forma de retcon do cinema. As piadas entre eles funcionam, principalmente quando eles falam da Anne, esses momentos foram os únicos que eu realmente fiquei animado assistindo, e isso desde o trailer.

Se o filme tivesse sido melhor desenvolvido, como literalmente um filme de fuga (a ideia que eles passaram em várias entrevistas, inclusive), a relação dos dois seria bem melhor. Veríamos como o simbionte realmente mudou de ideia para ficar na Terra, e também veríamos como ele passou a se importar com o Eddie. Eu até entendo a ideia do "Sem você, eu morro. É um ótimo hospedeiro", mas 5 minutos depois de falar isso, ele já ama o cara e eles viram melhores amigos o resto do filme... Estranho, no mínimo. Porém, algo que eu achei engraçado foi a parte que ele comenta que no planeta dele, ele é um bosta, assim como o protagonista, porque é meio engraçado o cara que vemos em tantas mídias como o grande vilão do universo do Aranha, falar que ele não quer voltar porque lá ele é menos que nada. Adaptações, caros leitores, apenas adaptações.

É meio chato, mas preciso comentar mais profundamente o quão engraçado é ver esse Venom de CGI e comparar com aquela coisa do Homem-Aranha 3. Esse filme pode ter MUITOS erros, mas eles acertaram muito no visual, você realmente percebe que é uma... Coisa. Achei muito legal como eles adaptaram em relação as teias, o negócio dos braços esticarem e tal. Ele já fez isso uma vez ou outra, até nos desenhos, só que lá era apenas um adicional, aqui é literalmente para substituir as teias.

Ponto pra Dona Sony... O único que verão nesse Review pelo menos.



A ação é ok, eles abusam das cenas noturnas porque como o filme foi corrido, não seria possível trabalhar tanto em CGI nas cenas diurnas, ou até mesmo em lugares mais complexos de trabalho. Se eles já demoraram muito pra mexer no CGI daquele teaser que mal aparecia as coisas, imagine no de uma grande cena de ação.

A montagem do Trailer não mentiu, TUDO que está lá (inclusive 75% da ordem que aparece) é como acontece no filme. Não tentaram mudar ordem, fazer algo de forma diferente, ou simplesmente deixar o pessoal confuso. O que você vê, é o que acontece: Para alguns isso é bom, para outros é ruim. Pessoalmente, eu não ligo, é raro eu "comprar" um trailer, então eu só sabia qual era o desfecho que tudo. Tinha muitas pessoas na minha sessão discutindo sobre quando o filme acabou, pois uns acharam as cenas legais, outros simplesmente não se importaram nenhum pouco.

Novamente, vai do seu gosto. Se você achou as cenas mostradas no trailer legais, não vai ter rejeição de sua parte. Caso você tenha achado horrível, é bom passar longe do filme mesmo.

Conclusão


O filme tem muitos problemas, eu realmente gostei de uma coisa de muitas coisas apresentadas. Eles não botam tanta fé no projeto, já que a segunda pós-crédito é literalmente hypando outra coisa que não tem NADA a ver com live action. Entendo que muita gente gosta do Venom, mas fazer um filme corrido (em produção e roteiro) é pedir pra não dar certo. Obviamente vai fazer dinheiro, pois filmes piores já fizeram, então quanto a isso, é algo que não precisa aprofundar aqui.

Minha dica final é o que falei no tópico sobre a ação: Tenha sua própria opinião. O consenso é que o filme não é o pior filme da história como pregaram, porém se você vai gostar ou não, depende de como você encarou o trailer. Se você puder ir ao cinema e quiser tirar sua própria conclusão, vá. Até espere dar uma esfriada no pouco hype que tem, assim você pode ter uma experiência sem gritarias.

Mas se você não estiver afim por seja lá qual motivo, espera sair pro Home Video e veja no conforto da sua casa. É o melhor a se fazer, só não fique(m) xingando sem assistir o filme, e isso vale pra qualquer filme, série, jogo, livro... Você só vai ficar com o rótulo de "Massa" mesmo.


Crítica: Venom (COM SPOILERS) Crítica: Venom (COM SPOILERS) Reviewed by Jeferson Nunes on outubro 07, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário